Decoração portuguesa para a casa

7 de agosto de 2017


Já partilhei várias vezes o quanto gostaria de apoiar mais o que se faz em Portugal, as nossas marcas e a nossa produção. Mas por vezes não é fácil porque os nossos valores nem sempre acompanham a nossa carteira. No outro dia, vi umas almofadas com padrões de gato de uma marca portuguesa que as desenha e produz. Apaixonei-me e queria comprar meia dúzia. Mas cada uma rondava os 70€. E esse valor está absolutamente fora do meu orçamento. Às vezes acaba por ser impossível fugirmos à produção em massa como na Primark, Ikea ou H&M porque é mais acessível. E isso também não tem mal nenhum. Se soubermos equilibrar coisas destas lojas com outras mais pequenas, conseguimos ter uma decoração que não foge muito ao nosso budget e, ainda assim, com coisas originais, portuguesas e que tornam a nossa casa única.

O ano passado, passei 24 horas em Guimarães e andei a fazer um mini-tour pela cidade. Uma das coisas que encontrei nas lojas de souvenirs, foram uma série de produtos (panos, ímans para o frigorifico, toalhas, saquinhos para o pão, etc) com um padrão colorido com umas frases engraçadas sobre o amor. Até fotografei uma que é sobre a amizade e está no post de Guimarães. Entretanto percebi que isto faz parte de uma tradição dos namorados do séc. XVIII (podem ler mais aqui), inspirados nos lenços senhoris que foram adaptados pelas raparigas minhotas para conquistar o seu amado. Era hábito as raparigas bordarem um lenço e entregarem-no ao seu amado como uma espécie de ritual de conquista. Depois, o homem passaria a usá-lo em público como forma de mostrar que tinha dado início a uma relação. Caso não o fizesse, era sinal que não tinha aceite a relação. Muito mais simples que toda esta odisseia de mensagens e chats e Tinder e fotografias e comentários e telefonemas. Era só bordar um lencinho e conquistar. Achei isto mágico (porque nunca tinha ouvido falar desta tradição portuguesa) e comprei um peixinho com uma frase para o frigorifico.

E estou a falar disto porque o Jumbo criou uma linha de decoração feita exclusivamente em Portugal e de produção portuguesa inspirada, claro está, nas nossas tradições. E lá estão os padrões dos namorados, os azulejos, as sardinhas, o fado, o coração de Viana... E é fantástico quando uma marca internacional se adapta a cada país e tenta explorar um pouco mais a sua produção como está a ser feito em Portugal. Acho que já não é novidade para ninguém a minha relação com o Jumbo mas esta relação não existiria se não me sentisse 100% em sintonia com eles. Escolhi algumas coisas da linha portuguesa de decor do Jumbo para vos mostrar e que encaixaram perfeitamente na minha casa. O ponto positivo é que esta não é uma linha massificada. São, como se costuma dizer, coleções cápsula apenas com um X número de produtos. Então, é agarrar enquanto há :)


A mesa lá de cima tem a toalha da linha dos namorados que também tem panos de louça, luvas e outros acessórios de cozinha. Trouxe uma luva porque ainda não tinha nenhuma (e podem ver o meu peixinho de Guimarães na foto). Há outra linha inspirada no azulejo português também com uma série de produtos de cozinha. Trouxe um pano da loiça e um cesto do pão com o padrão azul. O saleiro - que já vos tinha mostrado noutro post - também é português.




Para a casa de banho, há uma linha de toalhas e toalhões em várias cores e com vários bordados portugueses. Trouxe estas brancas com o bordado em azul. E uma das coisas mais giras - para mim, claro - são as velas com os padrões e os símbolos portugueses como a guitarra portuguesa e a sardinha. Foram feitas em parceria com a Sensia (marca portuguesa) que criou esta linha chamada Alma Lusitana. E cheiram mesmo bem!




Novamente na cozinha, eu já tinha umas canecas de chá desta linha das flores e frutos mas agora há também o resto do serviço. É uma linha feita em parceria com a histórica Vista Alegre apenas para Portugal. E sim, normalmente como no sofá ou no chão porque (ainda) não tenho mesa.


Esta vasta gama de produtos portugueses também tem imensa coisa para o quarto como edredões e conjuntos de lençóis. Todos feitos com materiais portugueses e em Portugal. Acabei por trazer estes lençóis azuis mas, na verdade, estava indecisa entre uns três ou quatro porque há padrões mesmo muito giros. Para quem gosta de camas coloridas - como eu - há muito por onde escolher.




Mais alguns apontamentos da minha (ainda em construção) casa :) Embora o catálogo só saia a meio do mês, já está tudo à venda nos hipermercados Jumbo neste momento. Normalmente as coisas esgotam rápido - façam uma pausa nas férias para darem nova vida à vossa casa.

2 comentários

  1. Também tenho um íman para o frigorifico com uma frase dessas e nem sequer sabia a história por trás. Que maravilhosa <3 Tenho de ir espreitar essa coleção porque achei linda demais!
    Beijinho
    Sílvia

    ResponderEliminar
  2. Que coisas tão lindas!! Também quero!!

    ResponderEliminar

Latest Instagrams

© the styland. Design by Fearne.