Conversar sem pudores: o corpo da mulher não é tabu

6 de julho de 2017


Desde que me lembro, sempre tive uma relação muito em paz com o meu corpo. Fui uma adolescente bastante - como é que poderei dizer isto? - curvilínea e cujo corpo se desenvolveu tarde - só no salto dos 14 para os 15 é que BAM! me tornei mulher e desenvolvi as curvas femininas a que não estava habituada. A minha mãe diz que, aos 12 anos, usava bodies com algodão no soutien para não ouvir "ohhhh ela sai ao pai".  Aos 15 já saía definitivamente à mãe. E mesmo quando fiquei doente, emagreci para os 42kg e bye bye maminhas (ou mamonas!), acabei por aprender a gostar do meu novo corpo. Até passei a gostar mais dele. Menos curvilíneo, mais eu.

Mas sempre vivi rodeada de amigas que não viviam de uma forma tão desprendida como eu. Sempre ouvi as suas queixas, as suas dúvidas, os seus "não gosto disto" e "odeio aquilo" e sempre lhes tentei passar mensagens positivas. Porque nada no nosso corpo é tabu. Pesar 60kg (ou 70 ou 80) não é tabu. As mamas não são tabu. Ser magra não é tabu. Ser gorda não é definitivamente um tabu. A beleza não é um tabu. A intimidade não é um tabu.

E quando criei este blogue, há três anos, sempre foi com a ideia de usar este espaço para passar exactamente o tipo de mensagens que já passo às mulheres da minha vida. Nunca quis usá-lo para falar apenas de faits divers banais do dia-a-dia (que claro que falo porque a vida também é feita disso) mas para ser uma voz activa no empowerment. Para mim, feminismo é exactamente isto. É ser uma agente de mudança e se, com as minhas palavras, conseguir tocar uma única mulher, já terá valido a pena.

O meu novo projecto juntamente com a associação Conversas Sem Pudor

Sempre quis associar-me a projetos de força - foi por isso que criei o Vive a Tua Beleza - e sempre quis ter uma voz. E finalmente vou poder ter. Foi mesmo de coração que me associei a um novo projecto - o Conversas sem Pudor - uma associação sem fins lucrativos acabada de nascer e cujo primeira iniciativa se chama Diálogos de Saúde Íntima - procura desmistificar, educar e sensibilizar as mulheres para temas aparentemente tabus: vagina, corpo, menopausa, flora vaginal, etc, etc.

O objectivo desta associação é mesmo ajudar as mulheres a resolver quaisquer que sejam os seus problemas "tabus" e a falarem abertamente sobre eles. Estima-se que, em Portugal, 40% das mulheres sofra de secura vaginal, associando frequentemente a mesma a um problema meramente sexual e de falta de desejo, quando se trata de questões hormonais ou simples desequilíbrios da flora vaginal facilmente tratados. Qual é que é o problema? A maioria tem vergonha de ir ao médico ou à farmácia e deixa isto arrastar durante anos.

Onde é que eu entro aqui?

Vou usar este blogue para contar histórias de várias mulheres. Histórias positivas, histórias sem tabus, histórias que procuram sensibilizar e inspirar as outras mulheres a gostar mais de si. O meu objectivo é dar a conhecer a associação ao maior número possível de mulheres (e homens também) por forma a ajudar a quebrar estes tabus do corpo, da intimidade e da palavra mulher.

Para já, deixo-vos com o link do projecto Diálogos de Saúde Íntima que vai ser um fórum aberto com vários profissionais de saúde que vão poder dar respostas personalizadas a toda a gente - quaisquer que sejam as suas dúvidas, medos, tabus...


E até já :)

2 comentários

  1. Olá, adorei o tema e a iniciativa.
    Numa sociedade em que cada vez mais a imagem é importante, nada melhor que lutar para alargar horizontes e fazer com que as pessoas (principalmente) as mulheres percebam que a beleza está aos olhos de cada pessoa e que cada uma é linda da sua forma.
    Parabens :D
    girlygirlsthinkpink.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Que projecto tão bonito Helena. Estou ansiosa para ler as histórias que vais partilhar. Obrigada por seres sempre tão pertinente :-)
    Beijinhos
    Cátia

    ResponderEliminar

Latest Instagrams

© the styland. Design by Fearne.