Tall Ships Races em Lisboa

26 de julho de 2016





Estão sempre a acontecer tantas coisas em Lisboa e fico furiosa quando não tenho oportunidade de as aproveitar. Perdi o Sonho de uma Noite de Verão no Festival ao Largo porque me troquei nas datas. Mas este fim-de-semana acabei por jantar no largo ao som da Orquestra Sinfónica Portuguesa e do Coro do Teatro Nacional de São Carlos, bem como de outros cantores de ópera. E antes, fui espreitar o The Tall Ships Races que, 60 anos depois da primeira viagem, regressou a Lisboa com 51 dos maiores veleiros do mundo (nove portugueses) a competir nesta regata. Foi um sábado dedicado a Lisboa.

A paisagem - com os navios ancorados no nosso litoral desde o Terreiro do Paço até Santa Apolónia - era absolutamente irreal e única. Bem como as centenas de membros das tripulações a passear por Lisboa. Fardas brancas por todo o lado, como podem imaginar. E, durante o jantar, fomos absolutamente clichés e relembrámos o episódio do Sexo e a Cidade em que a Carrie dispensa um belo marinheiro porque lhe diz que não gosta assim tanto de Nova Iorque - quem não gosta da minha casa, não gosta de mim. E o mesmo se aplica a Lisboa :)

Em laia de curiosidade, foi em 1956 que ocorreu a primeira edição do The Tall Ships Races exactamente aqui em Lisboa. Na altura,  o objectivo foi celebrar, e não deixar cair no esquecimento, os navios de vela numa época em que os barcos a vapor começaram a surgir com toda a força. Hoje em dia, além de uma regata que nos faz mergulhar no passado, continua a missão de chamar jovens para carreiras ligadas ao mar e dar perspectivas de futuro a jovens de estratos socioeconómicos mais desfavorecidos. Não fazia ideia deste propósito e adorei.

Música ao vivo, fogo de artifício, desfiles e paradas, provas de comidas de todo o mundo e quatro dias de festa marítima em Lisboa. Só lá estive um - no sábado - mas fiquei fascinada. Apetecia-me comprar um chapéu de marinheiro mas contive-me. Até porque a Miranda me olhou de lado e perguntou se não estava a jogar com o baralho todo. Espero que as fotos consigam transmitir (a quem não foi) alguma da magia que a cidade viveu.






























I was wearing: Saia, Mango; Top, Blanco; Óculos, Aldo Shoes; Sandálias, Natura; Mochila, Parfois.

Fotografias tiradas por Faz de Conta Fotografia e moi-même.

2 comentários

  1. Que fotografias lindas. Infelizmente moro muito longe de Lisboa para poder usufruir de todas as atracções que a capital recebe. Mas é sempre bom passar por aqui e conseguir "viver" um bocadinho disso.
    Beijinho =)

    ResponderEliminar
  2. que "inveja"... tantas saudades de viver em lisboa e de poder aproveitar a n/ maravilhosa capital :) beijinhos

    ResponderEliminar

Latest Instagrams

© the styland. Design by Fearne.